Às 5 horas da tarde do dia 5 de Setembro será inaugurada uma nova exposição nas salas 3 e 4 do Carmo’81.
A exposição inspira-se num conceito que é transversal a todas as peças: “CARMO é nome de MULHER”.
Será uma ‘colectiva’ de 16 artistas-mulheres.
Pretendemos evocar a condição feminina no contexto das Artes Plásticas e sublinhar a posição assertiva que o Carmo’81 quer assumir, nesta e noutras circunstâncias.

A colectiva “Carmo é nome de Mulher” vai contar com obras das seguintes artistas: Ana Cruz e Maria de Betânia, Ana Seia de Matos, Andrea Inocêncio, Cátia Biscaia, Claudine Rodrigues, Daniela Alves, Liliana Bernardo, Margarida Esteves, Margarida Fleming, Paula Magalhães, Rosário Pinheiro, Sara Carneiro, Tamara Alves, Vânia Viana.