“Campo de Flamingos Sem Flamingos” é uma longa-metragem de André Príncipe.

(entrada: 1 carmo)

FICHA TÉCNICA:

UM FILME DE: André Príncipe
IMAGEM: Takashi Sugimoto e André Príncipe
SOM: Manuel Sá
MONTAGEM: Sandro Aguilar
PRODUÇÃO: Luís Urbano, Sandro Aguilar (O SOM E A FÚRIA)
92′ | 16:9 | Cor | Stereo | HD
© O Som e a Fúria 2013

SINOPSE:
Os cinco elementos Japoneses são, por ordem de importância – Terra, Água, Fogo, Vento e Vazio.
Pessoas e animais estão lado a lado num jogo muito antigo. Há o dia e a noite.
Tudo existe simultaneamente.
Uma viagem pela fronteiras Portuguesas.

NOTA DE INTENÇÕES:
Ordenar segredos do mundo visível.

BIO-FILMOGRAFIA REALIZADOR:
André Príncipe (Porto, 1976) estudou Psicologia e Cinema, área de montagem na ESTC.
Exposições Individuais no Centro Portugês Fotografia, Encontros de Imagem, Galeria Fernando Santos e Silo e colectivas em Londres, Madrid, Barcelona, Paris, Rio de Janeiro, Viena, etc.
Tem cinco livros publicados; Tunnels (2005), Master and Everyone (2009), I thought you knew where all of the elephants lie down (2010), Perfume do Boi (2012) e Smell of Tiger precedes Tiger (2012).
É fundador e editor da Pierre von Kleist editions.
Realizou curtas e longas-metragens.

CAMPO DE FLAMINGOS SEM FLAMINGOS [2013]
BEFORE THE GHOST HOUSE [2010]
TRACES OF A DIARY (W/ MARCO MARTINS) [2010]
GHOST HOUSES [2009]
ALL THE BUILDINGS IN NEW YORK [2006]
DOGS CHASING MY CAR [2005]
FEBRE (FICÇÃO [2000]

PRESENÇAS EM FESTIVAIS:
IndieLisboa’13 – Competição Nacional / Cinema Emergente [Portugal, 2013]
MALBA – Semana de Cine Português [Argentina, 2013]
Extensões MALBA – Semana de Cine Português em Rosário e Córdoba [Argentina, 2013]
Festival Villa de Leyva [Colombia, 2013]
Docs Kingdom [Portugal, 2013]